<META content="MSHTML 6.00.2900.2604" name=GENERATOR><!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </HEAD><BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8940721423393911285\x26blogName\x3dCoisas+de+uma+Chef\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://coisasdeumachef.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://coisasdeumachef.blogspot.com/\x26vt\x3d8704643840310654996', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
domingo, 25 de julho de 2010
Molho chimichurri dando um "up" no churrasco




Fui convidada para um churrasco no sábado, mas o convite veio meio de última hora. Confesso que detesto ir a qualquer reunião sem levar um "agradinho" para o anfitrião. Coisas que se aprendem na infância...
Como o tempo era curto, não conseguiria preparar uma sobremesa legal. Foi aí que abri a geladeira e EUREKA!!! Encontrei um pote de Chimichurri prontinho, feito dois dias atrás. Estava resolvido meu problema! Separei um vidro desses que ja deixo preparadinho e enfeitado, enchi com meu Chimichurri e fui toda sorridente. Mais sorridente fiquei ao constatar que algo tão simples foi o destaque da reunião. Todos amararm!

O Chimichurri é um típico molho a base de ervas que acompanha todo bom churrasco argentino e que já é encontrado em algumas churrascarias brasileiras.

De etimologia controversa, alguns indicam sua origem em imigrantes ingleses que habitavam os pampas e que acostumavam acompanhar as carnes com molhos a base de curry. Quando solicitavam o molho, o faziam utilizando a expressão inglesa give me the curry (me da o molho) ou misturando o idioma local che mi curry (tche meu molho). E há quem diga que um comerciante britânico conhecido como Jimmy Curry, inventou o molho, e de seu nome surgiu a palavra.

O chimichurri é um molho delicioso e a mistura pronta de temperos para o seu preparo pode ser encontrada em supermercados e casas especializadas. Mas eu particularmente prefiro preparar o meu. Normalmente uso a seguinte receita:

Ingredientes:

1 alho-poró
1 colher (chá) de alho picado;
2 pés de salsinha
1/3 de 1 pé de salsão;
3 cebolas
1 maço de cebolinha verde;
2 colheres (chá) de pimenta-calabresa
1 colher (chá) de orégano;
meio litro de óleo de girassol
1/3 de 1 vidro de azeite;
meio litro de vinagre
sal a gosto

Modo de preparo:

Pique bem todos os ingredientes, e leve-os ao fogo, mexendo sempre, até o ponto de início de fervura, quando o fogo deve ser desligado. Deixe esfriar e leve à geladeira. Use frio ou levemente aquecido, na hora de temperar sua carne preferida, no próprio prato.


Se optar por comprar os produtos desidratados, você pode usar a seguinte receita:

Ingredientes:

10 g de alho e cebola desidratados
10 g de salsinha desidratada
10 g de pimentão desidratado
10 g de orégano desidratado
10 g de louro
10 g de cebolinha desidratada
10 g de pimenta calabresa desidratada e outras pimentas a gosto
300 ml de vinagre de vinho branco
600 ml de azeite de oliva

Modo de Preparo:

Em tigela, coloque todos os ingredientes, misture, cubra com filme plástico e leve à geladeira para descansar. O resultado será melhor após 3 dias de descanso. Sirva com carnes vermelhas.

Se há varias versões para a origem da palavra, há muito mais versões ainda para sua receita, porem independente do tipo de receita, aqui vão algumas dicas que podem ajudar a fazer um bom chimichurri:

- Mesmo quando indicado em alguma receita, recomendamos não utilizar azeite de oliva puro, óleos de sabor neutro, como o de girassol, combinam melhor com o molho. Se preferir pode-se optar por uma mistura a gosto dos dois. Óleo de soja também não é recomendado.

- Se a preparação vai ser consumida em um dia ou dois, pode-se incorporar ingredientes frescos na receita, se for para guardar deve-se usar ingredientes desidratados. Em ambos os casos é recomendável preparar o molho umas horas antes de ser servido.

- A utilização de água morna para re-hidratar os ingredientes acentua os sabores. Se diminui-se a quantidade de óleo na receita, o molho fica mais light, se diminui-se a quantidade de vinagre ele fica mais suave.

- Utilize vinagre de qualidade (sempre de vinho, não de maçã), pode ser aromatizado para dar mais sabor. Substituir uma parte deste por vinagre balsâmico, o resultado é agradável e suaviza o molho.

- As receitas básicas podem ser incrementadas com tomates e/ou pimentões picados bem fininhos. Para um jantar com bife de chorizo grelhado no fogão, pode-se requintar a receita com umas colheradas de tomate seco previamente processado.

- Ervas como o coentro e o manjericão não são tradicionais, mas aparecem em algumas receitas, se são de seu agrado use-as moderadamente. O alecrim tem um sabor muito acentuado, se for utilizá-lo, faça-o em pequena quantidade.

- Devido à popularidade do molho, já existem no Brasil misturas prontas para prepará-lo,sendo fáceis de achar em supermercados e lojas gastronômicas. Como não existe um padrão,são diferentes umas das outras, acentuando-se a presença de um ou outro ingrediente.Escolha a de seu agrado, podendo incrementá-la ao seu gosto.


O chimichurri é usado principalmente para fazer churrascos. Pode ser usado tanto para deixar a carne de molho antes de fazer o churrasco (marinada), como para molhar a carne enquanto esta sendo assada, ou mesmo para temperar depois de pronta.

Quando se usa para temperar a carne antes de assar (marinada), recomenda-se não deixar a carne mais de duas horas, caso contrário o sabor do molho se sobrepõe ao sabor da carne.

Agora, se você não vai preparar um churrasco completo, vale experimentar uma Linguiça Toscana Grelhada com Molho Chimichurri.



O chimichurri não é usado apenas com carnes. Cai muito bem em pratos vegetarianos, como vegetais na brasa ou bifes e hambúrgueres de soja.








Marcadores:







0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial