<META content="MSHTML 6.00.2900.2604" name=GENERATOR><!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </HEAD><BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8940721423393911285\x26blogName\x3dCoisas+de+uma+Chef\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://coisasdeumachef.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://coisasdeumachef.blogspot.com/\x26vt\x3d8704643840310654996', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, 28 de março de 2013
Um pouco sobre Chutneys



Chutney é um condimento de paladar agridoce, picante (forte ou suave), ou ainda uma mistura dos dois, originário da Índia.

A grande parte dos chutneys têm como ingredientes comuns a pimenta, os frutos e vegetais, ou ainda uma mistura destes dois. O tempero utilizado na preparação inclui quase invariavelmente açúcar mascavo, sal, alho, cebola, mel, vinagre, gengibre e canela. As especiarias normalmente utilizadas são o coentro, o cominho, entre outros.

No país de origem, a Índia, o chutney é confeccionado próximo de ser consumido, com ingredientes locais disponíveis, escolhendo para a preparação os que se adequam a conferir sensações fortes ao paladar.

Em países de clima temperado, os chutneys são elaborados com ingredientes locais tais como a maçã, pêra ou o tomate. Nestes países, o chutney é confeccionado e vendido sob a forma de conserva. Para este propósito, são utilizados para efeitos de conserva óleo vegetal, vinagre ou sumo de limão.




Chutney de tomates

Saboroso chutney que pode ser servido com pratos principais ou com torradinhas.

Ingredientes: 
          
Tomate, 4
Pimenta dedo-de-moça, 1 unidade
Cebola roxa, 3 unidades
Açúcar mascavo, 1 xicara
Vinagre de vinho branco, 1 ½ xícara
Raspas de limão, 1 unidade
Curry, 1 colher (sopa)
Páprica picante, 1 colher (café)
Cravo-da-índia, 2 unidades
Coentro, 1 colher (chá)
Uvas-passas, 1 xícara
Canela em pau, 1 unidade
Mostarda em grãos, 1 colher (chá)
Sal, a gosto

Preparo:

Primeiro, faça um caramelo com o açúcar mascavo e o vinagre.  
Acrescente as especiarias e a cebola roxa. 
Adicione os tomates sem semente e cortados em bastões.
Coloque as uvas passas e deixe cozinhar durante 20 min ou até engrossar. Sirva de acompanhamento de uma carne ou com torradinhas.




Chutney de Manga
    
Ingredientes:

2 mangas maduras picadas
2 xícaras de açúcar mais 1/4
2 xícaras de vinagre
2 colheres de sopa de gengibre bem picado
2 dentes de alho cortados em fatias
Meia pimenta vermelha picada
1/2 colher (chá) de sal
1 xícara de passas brancas picadas

Modo de preparo:

Para fazer a calda, leve ao fogo alto o vinagre e o açúcar e mexa bem até dissolver completamente o açúcar e formar uma calda bem grossa.

Quando a calda começar a ferver, é hora de juntar a manga.

Mexa por cerca de 10 min até a fruta ficar bem macia, quase se desmanchando.

Depois, coloque todos os outros ingredientes.

Mexa por uns 15 min até a calda reduzir bastante. O ponto ideal é o de um doce de colher.

Está pronto o chutney de manga (acompanhamento ideal para carnes, quentes ou frias, aves, embutidos e queijos)

Marcadores: , ,








sábado, 23 de março de 2013
Carne na lata




A carne suína acondicionada em lata e que utiliza gordura animal como conservante era muito comum na época em que não havia geladeira ou outra forma de conservação. Nas fazendas, quando se matava porco, limpava-se os cortes, dava-se uma fritada e conservava-se quase todos os pedaços da carne dentro de uma lata. A própria banha que saia da fritura conserva a carne durante dias. O dia de fazer a carne na lata era como um ritual para toda a família que passava todo o dia preparando, fritando e guardando a carne de porco em grandes latas com gordura. Isso lhes garantia carne por muitos meses. 

O sabor, a textura e a maciez da carne na lata são inigualáveis. Atualmente, para se experimentar tal iguaria você deverá ir a um restaurante típico ou fazer uma quantidade pequena e acondiciona-la em potes.




Veja como:


Ingredientes:

3 kg de costela
3 kg de pernil
3 kg de lombo
2 kg de toucinho
1 kg de linguiça
2 dentes de alho amassados
2 cebolas picadas
1 copo de suco de limão
3 folhas de louro
sal e pimenta a gosto

Preparo:

Pegue 3 limões e esprema em um copo, junte os temperos ao suco de limão formando um caldo e reserve;

Corte o lombo, a costela e o pernil em pedaços médios ( para que possam caber na panela grande);

Despeje o caldo sobre os pedaços e massageie para maior aderência do tempero na carne, em seguida deixe-a descansar por alguns minutos;

Corte o toucinho em cubinhos e ponha para fritar, quando estiverem previamente douradinhos, acrescente a linguiça;

Não é necessário cortar a linguiça, mas se desejar corte em cortes transversais;

Por se tratar de ingredientes que merecem ficar mais tempo em fritura, use colocar a cebola e o alho semi fritos após verificar a aparência dourada do toucinho e linguiça.

Coloque os pedaços de Lombo, Pernil e Costela na panela, pedaço por pedaço, deixe dar uma fritada. Assim, eles criam uma "capinha" e evita que se desmanchem quando cozinha-los.
Quando perceber que estão ficando com uma "corzinha", despeje o sumo de limão temperado por cima, acrescente o louro e um galhinho de alecrim. E deixe cozinhar, aproximadamente 1 hora.

O bom é para diminuir o tempo de cozimento é colocar na panela de pressão que costuma levar de 30 a 45 minutos.

Depois de pronto, deixe esfriar um pouco e coloque em vasilhas ou até mesmo na lata tal como faziam os antigos.

Pode guardar em geladeira, assim quando desejar algum pedaço é só esquentar ou usar para acrescentar em alguma outra receita.



Marcadores: ,








sábado, 16 de março de 2013
Recebendo de surpresa um “petit comitê”





Receber as pessoas que você gosta para bater um papo e bebericar alguma coisa é sempre um bom programa, não é? Mas se a situação vier sob forma de "surpresa", e de repente você se deparar com um m sua casa, você pode passar aperto se não tiver como providenciar de maneira prática e rápida algo para recebê-los com charme e elegância.

Por isso é sempre importante mantermos na geladeira e na despensa alguns ingredientes "curinga" como um bom queijo, um bom espumante...

A ideia hoje é preparar uma compota de cebola caramelizada com vinagre balsâmico e deixar prontinha para uma emergência...

Fica um luxo para colocar em cima de uma torradinha e servir com queijo brie, camembert, ou outro de sua preferência, ou com presunto cru (presunto de Parma ou de outras origens), ou com o famoso foie gras.

A receita rende bastante, e pode (deve) ser feita com antecedência. Basta guardar num frasco de vidro esterilizado na geladeira, e aguardar as visitas chegarem sem medo de errar. chegarem.



Ingredientes:

500g de cebolas roxas cortadas em meia-lua
2 colheres de sopa de manteiga 
4 colheres de sopa de vinagre balsâmico
2 colher de sopa de açúcar

Preparo:

Levar ao fogo baixo (sempre!) a manteiga e as cebolas fatiadas. 
Deixar derreter a manteiga, depois caramelizar tranquilamente as cebolas, mexendo de vez em quando. 
Depois de uns 10 minutos, colocar o açúcar e o vinagre balsâmico. 
Deixar no fogo por mais uns 30 minutos, até que as cebolas fiquem murchas, caramelizadas, e coradas. 
Usar sempre o fogo muito baixo, se precisar coloque um pouquinho de água.




Para dar um charme maior ao momento, que tal acompanhar com uma bebida de espumante com abacaxi?

Ingredientes:

2 Xícara(s) de vinho branco espumante gelado
6 Unidade(s) de picolés KIBON FRUTTARE sabor abacaxi

Para decorar:

3 Cubo(s) de abacaxi

Modo de Preparo:

Retire os palitos dos picolés sabor abacaxi. Coloque os picolés no liquidificador, junte o espumante e bata por 2 minutos ou até dissolver.
Coloque a bebida em 3 taças altas, decore com os cubos de abacaxi e sirva em seguida.
Dicas

Se desejar servir bem gelado, coloque as taças no congelador 1 hora antes de iniciar o preparo. Bata a bebida no liquidificador e coloque-a nas taças bem geladas. Para decorar para festas, coloque palitos longos decorados, encontrados em lojas de material

Se desejar preparar toda a garrafa de espumante, aumente a quantidade de picolés para 10 unidades.





Marcadores: ,








sexta-feira, 15 de março de 2013
Alguém discorda?!